Para receber o Polo, que será lançado no último trimestre de 2017, e o Virtus, sedã programado para o primeiro trimestre de 2018, ambos desenvolvidos com a Estratégia Modular MQB, a Volkswagen investirá desenvolvimento dos produtos e na modernização da fábrica Anchieta, mais de R$ 2,6 bilhões. 

O aporte contempla o desenvolvimento, a modernização da manufatura, testes de certificação e validação do produto, desenvolvimento local de peças, qualificação de pessoal, além de ações para o lançamento dos modelos no Brasil.

 

O vídeo que conta o passo a passo da história em que o bombeiro voluntário paraguaio, Robert Acosta devolve um Opala 1979, roubado em Foz do Iguaçu em 2001, ao seu verdadeiro dono, o mecânico brasileiro Jefter Sensato, viralizou nas redes sociais na última semana. Alcançou quase 5 milhões de pessoas no facebook e foi assistido por mais de 1,6 milhões de pessoas. 

O vídeo foi produzido pela revista Sobre Rodas e Vision Art. A equipe foi até Ciudad del Este no Paraguai, no último sábado, 12, para registrar um gesto coragem, honestidade e desapego. Muito incomum em tempos onde a palavra corrupção parece imperar. 

É que depois de 16 anos, no final de julho, Jefter, que atualmente mora em Sapezal, no Mato Grosso, recebeu uma mensagem de Robert com uma foto do seu opala roubado. E no texto, ele dizia que queria devolver o carro ao verdadeiro dono.

Desde então, os dois não deixaram mais de se falar. Trocar fotos e confidencias sobre o carro e a paixão pelo opala. E no dia 12, se encontraram em Ciudad del Este. 

“Eu não acreditava. Mas foi tudo muito rápido. Ele me mandou a foto do carro. E decidi vir busca-lo. Ainda parece que não é verdade. Mas é”, disse o mecânico.

“Eu sempre gostei muito do carro. Não tinha dinheiro suficiente que pagasse por ele. Mas quando descobri que era roubado, decidi devolvê-lo”, contou Robert. 

Durante a semana

Embora não tenha sido fácil para Robert tomar a atitude, pois desde pequeno sempre sonhou em ter um opala e durante 10 anos cuidou, reformou e participou de vários encontros, para ele valeu a pena. “Não poderia continuar com o carro sabendo que era roubado. Fiquei sem o Opala, mas ganhei um amigo. Agora comprei uma Kombi, vou reformar para viajar”. “Ele teve um gesto muito incomum. Muito especial”, completou Jefter.

Na segunda-feira (21) Jefter emplacou o carro e seguiu viagem. 

A segunda geração do Audi Q5 já está disponível nas concessionárias. O SUV combina a esportividade dos sedãs da marca com versatilidade e um interior altamente flexível. Seja em termos de conectividade, eficiência ou sistemas de assistência ao motorista, o novo Q5 mais uma vez estabelece os padrões do segmento.

 “O primeiro Q5 foi, por muitos anos, o SUV mais vendido de sua categoria. Não foi tarefa fácil desenvolver seu sucessor, mas é precisamente por isso que o modelo é tão excitante”, afirma Rupert Stadler, Presidente do Conselho Administrativo da AUDI AG. “Com o novo Q5 estamos elevando o padrão. Entre suas inovações estão a tração quattro com tecnologia ultra, a alta eficiência e uma completa lista de sistemas de entretenimento e assistência ao motorista.”

 Peso reduzido: até 50 kg mais leve que a geração anterior

Com 4,66 metros de comprimento, 1,89 m de largura, 1,66 m de altura e distância entre-eixos de 2,82 m, o novo Q5 cresceu em relação à geração anterior. Apesar disso, o peso em ordem de marcha foi reduzido em aproximadamente 50 kg. Uma mistura inteligente de aços de alta resistência e alumínio forma a carroceria.

O novo Q5 também se destaca em sua categoria em termos de aerodinâmica. O nível de ruído é excepcionalmente baixo, e as vibrações não interferem no alto conforto – o SUV proporciona a melhor acústica interna de sua categoria ao motorista e aos passageiros.

Espaço e conforto: o interior

O interior oferece bastante espaço para cinco ocupantes. O novo ar-condicionado de três zonas altamente eficiente está disponível nas versões Ambiente e Ambition. O volante multifuncional de três raios é de série para todas as versões. A qualidade do acabamento do novo Q5 é impecável.

O banco traseiro é tripartido e traz ajuste do ângulo de encosto. Dependendo da posição do assento, o compartimento de bagagem varia de 550 a 610 litros, 10 litros a mais que na geração anterior. Com o banco traseiro rebatido, o volume aumenta para 1.550 litros. O carregamento do porta-malas é simplificado por soluções inteligentes comoabertura e fechamento elétrico com sistema hands-free (a partir da versão Ambiente).

Em todas as versões, o novo Q5 é equipado com o potente e eficiente motor 2.0 TFSI a gasolina com 1.984 cm3 de cilindrada. O propulsor desenvolve 252 cv de potência e 370 Nm de torque, disponíveis entre 1.600 e 4.500 rpm. Em termos de desempenho, o SUV chega aos 100 km/h em 6,3 segundos e sua velocidade máxima é de 237 km/h. 

As três versões contam com transmissão S tronic de sete velocidades, com dupla embreagem e trocas de marchas quase instantâneas. O motorista pode fazer as mudanças por meio da alavanca ou de shift paddles atrás do volante. Para maior economia de combustível, o câmbio oferece uma função roda-livre, além de o modelo também contar com o sistema Start-Stop 2.0.

Há ainda o sistema de tração integral permanente quattro com tecnologia ultra, que distribui a força para as quatro rodas conforme a necessidade. O sistema desengata o eixo traseiro quando não é necessário e o reativa automaticamente quando exigido. Esse novo conceito aumenta a eficiência sem reduzir a dinâmica do veículo, mantendo a mesma aderência, controle, estabilidade e segurança.

Versões e equipamentos

Desde a versão de entrada Attraction, o novo Q5 traz uma extensa lista de equipamentos de série. Entre os destaques estão sistema Audi drive select, ar-condicionado automático, bancos dianteiros com ajuste lombar, computador de bordo com display colorido, controle de cruzeiro com limitador de velocidade, sensor de luz e chuva, volante multifuncional, sistema de monitoramento dos pneus, faróis com ajuste automático de altura, auto hold, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, Audi smartphone Interface, Audi connect e sistema de navegação.

A versão Ambiente acrescenta a esse pacote ar-condicionado de três zonas, bancos dianteiros esportivos e com memória para o do motorista, Audi virtual cockpit, teto solar panorâmico Open Sky, porta-malas com abertura e fechamento elétricos e sistema hands free, assistente de estacionamento Parking assist e ignição por botão Keyless Entry.

 Já a Ambition traz ainda pacote de luzes internas customizáveis, faróis Full LED, lanternas de LED com indicação dinâmica, assistente de farol alto, frisos decorativos e longarina de teto pretos. Os opcionais, disponíveis apenas para a versão de topo, são compostos pelos pacotes Audi Side Assist, com exit warning, assistente de Tráfego Reverso e Pre sense traseiro e Assistance Tour, com controle de cruzeiro adaptativo, active lane assist e traffic jam assist.

Valores

O SUV é equipado com rodas de 18” na versão Attraction, 19” na Ambiente e 20” na Ambition. As vendas do modelo, fabricado na nova planta da marca no México, começaram no início deste mês. Os preços são R$ 244.990 na versão Attraction, R$ 274.990 na Ambiente e R$ 292.990 na Ambition.

O Ford Fusion 2.0 SEL foi eleito a melhor compra na categoria de carros até R$170.000 na pesquisa realizada pela revista Quatro Rodas. O tradicional levantamento comparou os principais modelos disponíveis no mercado, avaliando desde equipamentos, desempenho, preço de compra, revisões, peças, seguro, índice de desvalorização do veículo e a rede de assistência técnica da marca.

Campeão da pesquisa no ano retrasado, o Fusion voltou a assumir o posto após a reestilização. Líder absoluto de vendas dos sedãs C/D de luxo, ele conta com as versões 2.0 EcoBoost SEL, Titanium e Titanium AWD, 2.5 Flex e Hybrid. O modelo vencedor, 2.0 SEL, com preço de R$125.900, vem com 8 airbags, central multimídia SYNC 3 com acesso a Apple CarPlay e Android Auto e 11 alto-falantes, câmera de ré, acesso e partida sem chave, bancos de couro com ajuste elétrico e ar-condicionado automático digital, entre outros equipamentos.

Como destaques do veículo, o comparativo enumera “o visual atraente, espaço interno e porta-mala fartos, interior caprichado, desempenho convincente e nível de tecnologia acima da média da categoria”. Outro quesito que somou pontos na vitória do sedã da Ford foi o desempenho do motor 2.0 EcoBoost, com potência elevada de 234 para 248 cv e menor consumo na estrada.

Com tecnologia avançada, o premiado motor turbo se caracteriza pela agilidade em baixa rotação, a mais usada no dia a dia. Seu sistema “start-stop” com funcionamento suave e inteligente também foi elogiado, assim como a transmissão automática com seletor giratório e teclas para trocas manuais no volante.